Alface-aspargo, celtuce. Alface-de-talo. Iguaria. No bairro da Liberdade, nas m…


Alface-aspargo, celtuce. Alface-de-talo. Iguaria.

No bairro da Liberdade, nas mercearias chinesas mais afastadas do metrô, sempre via desse legume. Consegui sementes e resolvi plantar, depois que provei e descobri que era bom.

Basicamente é um cultivar de alface que o talo tem pouquíssima fibra, então aí invés das folhas, o foco é nesse talo suculento, crocante e surpreendente saboroso.

As folhas são comestíveis, parecidas com nosso almeirão caipira, quase sem amargor e mais firmes. O ponto de colher é quando a planta espicha e começa a dar o pendão floral.

O sabor? Interessante, adocicado, parecido com talo de brócolis, puxado um pouco pra alcachofra. Não lembra aspargo, a não ser na textura. E tem um amargo quase imperceptível. Cru, picadinho, é crocante, e cozido pode ir de crocante a macio.

Eu fiz do jeito que faria um aspargo: descasca, corta como preferir, e cozinha em fogo baixo na manteiga com um tico de alho e pimenta-preta. Fica muito bom.

Adoro essas plantas que são dois em um: pode consumir um pouco das folhas, e depois o talo. Já tentei com o talo da alface comum e do almeirão-caipira, mas não deu certo: são muito fibrosos.

Nota: 8/10. É resistente, cresce bem, mas passa do ponto rápido.

Nome científico: Lactuca sativa var. angustana #lactucasativavarangustana

#alfaceaspargo #celtuce #alfacedetalo #guilhermeranierialface #guilhermeranierialfaceaspargo



Source