NATUREZA PERFEITA RHIZOBIUM – Nódulos em raízes de plantas leguminosas /Fabacea…

NATUREZA PERFEITA
RHIZOBIUM – Nódulos em raízes de plantas leguminosas /Fabaceae
(Plantas leguminosas, não confundir com Legumes)
Estes fotografei aqui no #viveirociprest nas raízes de mudas de Ingá (Inga sp)
Estes nodolos, em simbiose servem para fixar, nutrir o solo com Nitrogênio, retirando do ar e repassando para solo.
Desta forma, as árvores e outras plantas leguminosas / Fabaceae não só purificam o ar, elas também fixam nitrogênio, que é um tipo de “adubo” necessário para plantas crescerem, se nutrirem, deixando também as folhas verdes.
As árvores e plantas também transpiram, desta forma suas folhas não aquecem como solo, asfalto, concreto.
Elas também transpiram mantendo um clima melhor, mais umidade no ar, ajudam na formação de núvens de chuva e que também diminuem o aquecimento solar.
Um ciclo que no passado consideravamos uma constancia, algo infinito, pois água saia do solo e retornava para ele, mas hoje mudou, pois ela retorna poluida ou se polui e viram enxurradas, sem infiltrar no solo, rios viraram canais, para escoar água rápido e a mesma se miatura a água do mar, salgada, imprópria para consumo da maioria dos seres.
Raízes das plantas também fixam solo, ajudam a filtrar a água, junto com folhas a segurar água, enxurradas fortes..
Folhas e restos da planta se decompoem, virando uma turfa, um solo de qualidade, com muitos nutrientes.
Plantas, árvores são abrigo, proteção, lar para Fauna em geral: insetos, bactérias, toda diversidade biológica ……., toda espécie de vida.
O conjunto de plantas em diversidade e equilibrio, são dos mais importantes para a vida no planeta.
Quando utilizamos químicos, especialmente sem ter um conhecimento muito grande sobre eles podemos destruir muitas formas de vida, inclusive as biológicas, além de contaminar-mos a nós mesmos.
“A natureza é uma diversidade de vida, preservando a vida”
Saiba mais sobre os Rizobiuns (Rhizobium), link abaixo.
https://www.embrapa.br/tema-fixacao-biologica-de-nitrogenio/perguntas-e-respostas





Source