Ora-pro-nobis também dá frutos. Em especial na espécie de flores brancas, eles s…


Ora-pro-nobis também dá frutos. Em especial na espécie de flores brancas, eles são abundantes. Há variação no tamanho, cor e sabor – já encontrei frutos muito doces, azedos, gigantes e até sem espinho. Por ser uma planta silvestre e nativa, ela tem grande variação genética. Para saber se o fruto que você tem por aí é bom, só provando.
.
Depois da linda floração, de 2 a 5 meses depois os frutos amadurecem, quando ficam amarelos ou alaranjados. A polpa é macia, e tem algumas sementes dentro, negras e redondas, parecidas com uma lentilha. Os frutos podem ser usados em doces, sucos e geleias, dando ponto muito fácil – bata e coe antes, ou as retire individualmente, para um doce sem os pontinhos pretos.
.
Qual a parte comestivel? Tudo, desde a casca, a parte mais firme e o miolo molinho. Tirando os espinhos, pode usar o fruto integralmente. Pode engolir as sementes sem problema.
.
Como lidar com os espinhos? Eles podem ser removidos facilmente passando os frutos no fogo, que vai sapecar e deixá-los limpinhos. É uma passada rápida, sem cozinhar o fruto.
.
Seu pé nunca deu flores? Geralmente ele floresce depois do segundo ano, podendo demorar mais se estiver crescendo sem sol suficiente. A ora-pro-nobis gosta de podas eventuais, adubação mensal e irrigação periódica. Sim, apesar de ser um cacto, ela ama adubo e água, menos durante os meses que hiberna – aqui em SP, de junho a agosto.
.
E para formar frutos, dependemos dos insetos, mas você pode polinizar manualmente. Algumas variedades carregam mais, como essa da foto, enquanto outras dão menos frutos.
.
Ficou alguma dúvida sobre eles? Me conta nos comentários 🙂
.
#orapronobis #matosdecomer #frutodoorapronobis #guilhermeranieriorapronobis #pereskiaaculeata #panc



Source